Entrada » 01 - Ordinário » Pai Nosso - Que o Teu Reino venha - 01.PN.07
 
Pai Nosso - Que o Teu Reino venha - 01.PN.07 Versão para impressão Enviar por E-mail
(12 Votos)
Segunda, 16 Fevereiro 2009 01:00

 

(Duas vezes no início)

Pai Nosso, que o Teu Reino venha (x3)
Sobre esta terra.


(reza-se o Pai Nosso enquanto o coro faz a melodia em murmuro)

… sobre esta terra. (depois de acabar de rezar)


(Uma vez para terminar)

Pai Nosso, que o Teu Reino venha (x3)
Sobre esta terra.

 

Informações:
Autor desconhecido
Transcrição: Tiago Branco (2009)

Áudio:

Instrumental do cântico
(Realizado com o Finale 2007 + Kontakt Player 2)

Comentários (7)
  • Timi  - musica
    Este cântico não tem classe nenhuma! :( Cantar e rezar ao mesmo tempo não é digno :(
  • Anónimo
    Cantar é rezar duas vezes :D
  • J.Pierre Silva
    Tal como o "Pai Nosso Galego", este tema NÃO DEVE SER CANTADO COMO "PAI NOSSO". Liturgicamente não corresponde ao cânone litúrgico; e o facto de, no meio, haver quem reze a oração (enquanto, em surdina, se toca ou murmura a melodia), torna o tema obsoleto em liturgia, pois o cântico, em si, acaba por ser um adorno que subsidia mais a noção de show-off (que alonga, desnecessariamente, esta parte da Missa).
  • Daniela Quatorze  - Pai NOsso
    na minha santa terrinha onde eu moro que é o Senhor da serra o coro canta muito mal mas ainda assim ainda se digna a cantar e a rezar separadamente não como este «semicantico» se é que se pode chamar porque cantar e rezar não corresponde ao cânone litúrgico... Deviam colocar cânticos mais adequados. Aqui fica a minha sugestão!!!
  • Rita
    Felizmente o Padre da minha Santa terrinha tem uma mente mais aberta q a vossa e nao implica com cantar em surdina e rezar ao mesmo tempo. Felizmente!!!
  • Leonor  - Pai Nosso, que o teu reino venho sobre esta terra
    Eu não vos percebo. Cantar e rezar ao mesmo tempo não é digno? Pensem bem no que estão a dizer. Cantar é rezar duas vezes, ou é uma foleirice? De facto há muitos coros que só cantam pelo espectáculo (o que é pena). O canto litúrgico deve ser sentido, com amor, coragem e sentido de humildade e há nisso sempre uma enorme dignidade, mesmo que os resultados nem sempre sejam os melhores. Quanto ao facto de no Senhor da Serra se cantar mal, será que sim? não sei, não conheço, não sou da paróquia. Mas se calhar quem o diz até "canta bem" mas fica confortavelmente em casa a dizer mal de quem se esforça, enquanto os coralistas dão o corpo ao manifesto e até se sujeitam a estas coisas. Um coro que faz um trabalho digno, que se esforça, ensaia e faz às vezes mais do que o esperado é digno de reconhecimento. Porque um coro com muitos recursos, equipamentos, músicos, etc, se faz um bom trabalho, não faz nada de mais. Acho que toda a gente deve dar a sua apinião, mas não precisa estar à espera de um deslize de alguém para começar à pedrada. Até porque neste contexto, não fica nada bem. Afinal não aprendemos nada do que o Senhor nos ensinou? Leonor
  • Leonor  - Pai nosso
    Sou eu de novo, só para dizer que acho o cântico lindo. Para além de ter um melodia harmoniosa, ajuda a assembleia a preparar-se para rezar o Pai nosso que é a oração linda que Jesus nos ensinou e que não deve ser papagueada, mas dita do fundo do coração e com toda a nossa alma. Sempre que rezamos o Pai nosso devemos tornar-nos outro melhor, ou então não vale a pena é só blá blá blá. Leonor
Comentar
Os seus detals:
Comentário:
:angry::0:confused::cheer:B):evil::silly::dry::lol::kiss::D:pinch::(:shock:
:X:side::):P:unsure::woohoo::huh::whistle:;):S:!::?::idea::arrow:
Security
Por favor introduza o código anti-spam que lê na imagem.